Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Academia Rio-Grandense de Letras cria prêmio literário anual

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

A inscrição aos troféus Alceu Wamosy e Dyonélio Machado estarão abertas entre 1º de julho e 31 de agosto.

A Academia Rio-grandense de Letras (ARL) lança, dia 22 de junho, concurso literário que contempla três categorias: escritor do ano, melhor livro de poesia e melhor tese ou dissertação sobre literatura gaúcha. O Prêmio Academia Rio-grandense de Letras, que será conferido anualmente, tem como objetivo destacar autores gaúchos que tenham obra consistente e de qualidade no cenário nacional, assim como promover a crítica literária sobre a literatura gaúcha e a poesia. As inscrições podem ser feitas de 1º de julho a 31 de agosto, e os finalistas serão conhecidos dia 9 de novembro.

"A criação do prêmio da ARL incentivará não apenas a produção literária no RS, como também o fomento à crítica sobre livros e autores gaúchos, além de, a cada ano, homenagear a obra de um autor nosso. Reconhecer e premiar o talento daqueles que fazem a literatura rio-grandense é fundamental e necessário. Sempre.", afirma o escritor Caio Riter, coordenador do prêmio.

Para o Escritor do Ano será concedido o Troféu Academia Rio-Grandense de Letras a um autor do Estado que tenha obra relevante, independente de gênero literário. Uma comissão de três acadêmicos escolhida pela Academia vai indicar o nome de três finalistas. O vencedor será determinado pelos demais membros por meio de voto secreto.

O melhor livro de poesia publicado nos anos de 2015 e 2016, em primeira edição, receberá o Troféu Alceu Wamosy. E para a melhor tese ou dissertação sobre literatura gaúcha em nível de mestrado ou de doutorado, que tenha como tema a obra de um autor sul-rio-grandense ou um texto literário escrito por autor do Estado (que tenha sido defendida nos anos de 2015 e 2016 em qualquer instituição de ensino superior), será entregue o Troféu Dyonélio Machado. Por indicação da Diretoria da ARL, um júri técnico de, no mínimo, três pessoas de notável conhecimento técnico-literário, vai escolher três finalistas e o vencedor da melhor tese e do melhor livro de poesia.

Os nomes dos prêmios homenageiam os escritores gaúchos Alceu Wamosy, jornalista e poeta simbolista, patrono da Cadeira 40 da Academia, e o modernista Dyonélio Machado, ficcionista e ensaísta, autor de Os ratos e O louco do Cati, que ocupou a Cadeira 38 de 1979 a 1985.

A ARL foi fundada em 1901 e é filiada à Federação das Academias de Letras do Brasil. Atualmente, tem 40 membros, eleitos por critérios de mérito literário e relevância na cena literária gaúcha. Sua sede preserva uma pinacoteca com obras doadas e uma biblioteca com livros de escritores do Estado, além de documentos de memória da instituição.

Os troféus serão confeccionados pelo artista visual Lucas Strey, entregues em cerimônia prevista para 1º de dezembro. Lucas Strey possui graduação em Artes Visuais com ênfase em escultura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2010). Reside e trabalha em Porto Alegre, onde atua na empresa "Atelier Strey - arte e design" como diretor de arte, artista visual e professor de escultura. Entre outros projetos, desenvolve um trabalho de palestras performáticas em escolas, universidades e eventos literários abordando o tema da literatura na canção.

A inscrição aos troféus Alceu Wamosy e Dyonélio Machado deve ser realizada pelo autor ou por alguém que o represente, e exclusivamente pelo Correio, enviada para a sede da Academia (Rua dos Andradas, 1234, conj. 1002 - CEP 90020-008 - Porto Alegre - RS).

O regulamento do Prêmio pode ser acessado no site da ARL http://www.arl.org.br.
Mais informações podem ser obtidas por meio dos e-mails: contato@arl.org.br ou caioriter@uol.com.br.

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores