Capa  |  Memória  |  Estatuto (PDF)  |  Diretoria  |  Oficinas de sócios  |  Notícias  |  Fotos  | Sócios  |  Associe-se       

Notícias

Prêmio AGES Livro do Ano 2018 divulga a lista de obras homologadas

AGES - Associação Gaúcha de Escritores

Comissão de jurados de notável conhecimento indicará agora os finalistas.

A Associação Gaúcha de Escritores (AGES) divulgou, nesta segunda-feira (7/5), a lista de obras homologadas para concorrer ao Prêmio AGES Livro do Ano 2018. Os concorrentes foram divididos em oito categorias: narrativa longa (romance ou novela), narrativa curta (conto ou miniconto), poesia, literatura infantil, literatura juvenil, crônica, não ficção e especial. O Prêmio AGES conta com a parceria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS) e do Centro Cultural CEEE-Erico Verissimo e será conferido aos melhores livros publicados em primeira edição por autores gaúchos ou residentes no Rio Grande do Sul no ano de 2017.

Agora, uma comissão julgadora integrada por três pessoas de notável conhecimento técnico-literário indicará até três obras finalistas em cada uma das oito categorias. A partir desta pré-seleção, caberá então aos associados da AGES escolher o livro vencedor de cada categoria. Os vencedores do Livro do Ano receberão um troféu criado pela artista plástica Lília Manfrói. Ao livro mais votado, independente de categoria, serão concedidos o Prêmio AGES/Sintrajufe-RS e R$ 1 mil.

A seguir, a lista de obras homologadas:
 

Categoria Infantil

►A filha do poeta, Angélica Rizzi, Edição da autora.

►A saia da Carolina, Léla Mayer, Lelaludens.

►Alfabeto poético dos nomes, Pablo Morenno, Physalis.

►Cadu e as sílabas, Carlos Augusto Pessoa de Brum, Br1 Editores.

►Conto de aldeia, Viviane De Gil, Vivilendo.

►Dez desejos por dia, Letícia Möller, Franco.

►Manual de Interação Monstruosa, Christina Dias e Milene Barazzetti, Acesso Popular.

►Mesmo que mude, Carlinhos Carneiro e Rodrigo Pilla, Edibook.

►Muito esquisito, Alexandre Brito, Pulo do Gato.

►O coelho e o menino, Lourenço JR Torresini, Medianiz.

►O guardião da chave secreta, Airton Ortiz, Metamorfose.

►O mundo de Nini - A menina das flores. Vera Mari Damian, Vox Mídia.

►O Serelepe e o Paradão, Amauri Antonio Confortin, AGE.

►Onde está a comida do coelhinho? Silvana Corrêa da Silva, Ideograf.

►Picolé Lelé, Angela Dal Pos, Pergamus.

►Pra que serve um dedo? Paula Taitelbaum, Piu.

►Sete dias de Mustafá, Laura Castilhos, Libretos.

►Um alfabeto diferente, Rodrigo Prates, Edibook.

►Um livro fascinante, Eleonora Medeiros, Viapampa.
 

Categoria Especial

►A bandeira do elefante e da arara: Livro de interpretação de papéis, Christopher Kastensmidt, Devir.

►A canção do cão negro, César Alcázar e Fred Rubim, Avec.

►Do nosso jeito, Academia de Escritores do Litoral Norte Gaúcho, RJR.

►Guernica, Moema Vilela Pereira, Udumbara.

►Menina do circo Tibúrcio e outros causos desenhados, Santiago, Libretos.

►O país da suruba, Ayrton Centeno, Libretos.

►Operação Banda Oriental, Demétrio de Azeredo Soster, Catarse.

►Paulo de Tarso e as leis morais, Guilherme Del Valle da Silva, FERGS.

►Repensando Canoas – Trajeto histórico, memória e imagem da cidade, Demetrio Alves Leite, Alternativa.

►Sublime Vipássana, Lory Ricardo, AGE.
 

Não ficção

►A fantástica jornada do escritor no Brasil, Kátia Regina Souza, Metamorfose.

►A nova classe e a história do PT, J. H. Dacanal, BesouroBox.

►A questão Christie, Liberalismo e Escravidão, Alfredo carlos Teixeira Leite, Consultor Editorial Publicações.

►As três mortes de Che Guevara, Flávio Tavares, L&PM.

►Eu, a publicidade e um divã, Fábio Craidy Bührer, BesouroBox.

►Flavio Koutzii – Biografia de um militante revolucionário, Benito Biso Schmidt, Libretos.

►Francisco Ricardo – Uma tragédia esquecida, Sergio Faraco e Valter Antônio Noal Filho, L&PM.

►Fundamentos à prática de revisão de textos, Mayara Espíndola Lemos, Metamorfose.

►Histórias não (ou mal) contadas: Segunda Guerra Mundial, 1939 – 1945, Rodrigo Trespach, Harper Collins Brasil.

►Interlocuções na fronteira entre psicanálise e arte, Lucas Krüger, Lísia da Luz Refosco, Sander Machado da Silva (Orgs), Artes e Ecos.

►Jornadas desconhecidas, o caminho da volta, Beto Zaquia, Consultor Editorial Publicações.

►Nenhum de Nós: Extraño, Glaucir Ferreira Borges, AGE.

►Nina Gualdi, Benedito Saldanha, Partenon Literário.

►Nosso capitão, Sadi Schwertd, Libretos.

►O grande propósito de Deus, José Régis Macedo Saraiva, Ledur Serviços Editoriais.

►Psicanálise, Criatividade e o Indizível da Experiência em Manoel de Barros - Renata Lisbôa, Artes e Ecos.

►Quando o corpo grita – Síndrome do pânico, Hiltor Mombach, Editora Sulina.

►Transnacionalidades: arte e cultura no Brasil contemporâneo, Cimara Valim de Melo (Org), Metamorfose.

►Um romancista ao sul, Débora Mutter, BesouroBox.
 

Narrativa curta

►20 relatos insólitos de Porto Alegre, Rafael Guimaraens, Libretos.

►A casa abandonada, Lucio Feliciate, AGE.

►Azaleia para erva de passarinho, Andréia Pires, Concha.

►Contos de amor e morte, Gilberto Fonseca, Metamorfose.

►Contos Náuticos, Guido Martin Kopittke, Metamorfose.

►Gaudério Laudelino, Roque Palermo, AGE.

►Meio ambiente inteiro, Ivo Domingo Vivian, AGE.

►Não há amanhã, Gustavo Melo Czekster, Zouk.

►O Comboio de Espectros, Duda Falcão, AVEC.

►O grande dicionário das palavras erradas, Carlos Augusto Pessoa de Brum, Br1 Editores.

►O jardim das hespérides, Daniel Gruber, O Grifo.

►Para nunca mais chorar cebolas, Juares Souza, BesouroBox.
 

Narrativa Longa

►A barca e a biblioteca: um romance sobre como livros também foram sitiados em tempos de repressão, Gilson Corrêa, Metamorfose.

►A carta paralela, Sergio Schaefer, Gazeta.

►A saúde dos ventos II, Waldomiro Manfroi, BesouroBox.

►A segunda torre de babel, Livio Tadeu Birnfeld, Edição do Autor.

►A vida colorida em preto e branco, Joemir Maria Rosset, Bertthier.

►Andarilhos, R. Tavares, Martins Livreiro.

►As horas não importam mais, Kelli Pedroso, Pergamus.

►As quatro cartas, Sérgio Schaeffer, Metamorfose.

►Asas da eternidade, Eduardo Coelho Ayub, AGE.

►Correr com rinocerontes, Cristiano Baldi, Não Editora.

►Elogios dos tratados sobre a crítica do discurso, Rafael Escobar, Libretos.

►Guanabara Real: A Alcova da Morte, Enéias Tavares, Nikelen, Witter e André Zanki Cordenonsi, Avec.

►Gumercindo Nunes e o Mouro, Sérgio Schaeffer, Metamorfose.

►Hate and Love, Angie Natto, Chiado.

►La casa amarilla, Iara Ladvig Budelon, wwlivros.

►Lambuja, Caco Belmonte, Metamorfose.

►Lelo, o filho do Brasil, Maiquel Röhrig, Autografia.

►Nina – Desvendando Chernobyl, Ariane Severo, AGE.

►O jogo da memória, Maria Rosa Fontebasso, Metamorfose.

►O Lagarto na Taipa, João Celeste Agostini, AMZ.

►O marrom e o preto, Flávio Juarez Feijó, Metamorfose.

►Pra amanhecer ontem, Anna Mariano, L&PM.

►Quando os diabos eram loiros, Marcos Francisco Reimann, Muruci.

►Roupas sujas, Leonardo Brasiliense, Cia das Letras.

►Tuiatã, Hilda Simões Lopes, Libretos

►Ventos do deserto, Felipe Daiello, AGE.
 

Crônica

►A Cobra a Laranjeira, Ana Marson, Consultor Editorial Publicações.

►Arquitecrônica, Cesar Dorfmann, Libretos.

►Brasil pequeno, Genifer Gerhardt, Libretos.

►Crônicas do cotidiano e a época da inocência, Marcelo Allgayer Canto, Buqui.

►Demônios Domésticos, Tiago Germano, Le Chien.

►Essências e geografias, Berenice Sica Lamas, Casa Verde.

►Felicidade é o que conta, J.J.Camargo, L&PM.

►O amor errado mais certo do mundo, Daniela Mace Altmayer, Concha.
 

Juvenil

►Cadu apresenta fábulas fantásticas, Carlos Augusto Pessoa de Brum, Br1 Editores.

►Casa de Papel, Gláucia de Souza, Edição da autora.

►Entre livros, sonhos e feijões, Genelci Oliveira, Carta.

►Eu sou feito de quê? Fábio Gai Pereira, Universo Expandido.

►Flor de infância, Genelci Oliveira, Carta.

►O debate, Fábio Gai Pereira, Universo Expandido.

►O inimigo digital, Athos Beuren, Avec.

►Sherlock e os Aventureiros: O Mistério dos Planos Roubados, André Zanki, AVEC.

►Transformação, Jorge Luis Martins, O sonho da traça.

►Voando nas Alturas, Fábio Gai Pereira, Universo Expandido.
 

Poesia

►8 horas por dia, Ju Blasina, Concha.

►Agreste Avena, Júlio Perez, Trigais.

►Antes da última queda, Lucas de Melo Bonez, Metamorfose.

►Ave, água, Cleonice Bourscheid, AR do Tempo.

►Carrossel do mundo, Evanise Gonçalves Bossle, Fragmentos.

►Frêmito – Genitália, Pedro Dziedzinski, Le Chien.

►Grafiteiro do avesso, Jorge Rein, Patuá.

►Homenagem à Nuvem, Lucas Krüger, Artes&Ecos.►João & Maria, Leonardo Antunes, Patuá.

►Mel e Fel – Poemas outonais, Nélsinês Urnau, Metamorfose.

►Música, amor e poesia, Marcelo Allgayer Canto, Buqui.

►Nas cidades os sonhos não têm asas, Igor Luchese, Liddo.

►O diabo belisca meus calcanhares, Cristian Verardi, Artes e Ecos.

►O homem provisório, Cássio Pantaleoni, BesouroBox.

►Plêiades, Paulo Alonso, Ideograf.

►15. Poemas da Literatura Brasileira, Nilson Goulart, Pistis.

►Poemas quase esquecidos, Marcos Fernandez Cunha, Muruci.

►Prêt–à–Porter: Haicais para as quatro estações, Ricardo Silvestrin, Artes e Ecos.

►Quintal de Cronos, Antônio Augusto Biermann Pinto, Casa do Poeta de Santiago.

►Quis dizer, Moema Vilela, Udumbara.

►Rocketman, Rique Ferrári, Patuá.

►Romântico visceral sob o céu fragmentário, Andrei Ribas, Bestiário.

►Tesouro secundário, Celso Gutfreind, Artes e Ecos.

 


Site elaborado pela metamorfose agência digital - sites para escritores