• AGES

NOTA DE SOLIDARIEDADE À JULIÁN FUKS


A AGES, de forma veemente, repudia as ameaças de morte dirigidas ao escritor, jornalista e crítico literário Julián Fuks e sua família. Após a publicação do texto, “Precisa-se de terrorista, capaz de ato sutil que transforme a história”, em sua coluna no UOL, Fuks passou a sofrer perseguições, agressões e ameaças de inúmeros grupos militaristas e bolsonaristas extremistas.


A crônica em questão se constrói numa chave claramente poética, e usa a palavra “terrorista” num sentido figurado, à maneira de Gandhi, que enfrentaria o inimigo de forma pacífica. O texto em si se constitui num potente libelo antiviolência, antibrutalidade, antitruculência, de forma que as manifestações de alguns políticos eminentes, tanto quanto a incapacidade de compreensão mínima de um texto, demonstram má-fé e o interesse deliberado de distorcer a verdade.


Por esta razão nos manifestamos em apoio e solidariedade ao escritor Julián Fuks e seu ofício, em nome das liberdades de pensamento e de expressão, e pedindo às autoridades que investiguem as ameaças e agressores, para que dentro do devido processo legal sejam responsabilizados.


AGES - Associação Gaúcha de Escritores

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo